Mundo POP

Documentário “Delfini Brasília, Olhar Operário”, estreia em 10/07, online e de graça

5 de julho de 2021

O público vai conhecer quem são os pioneiros que ainda estão vivos e residem na Capital Federal, operários que dão relatos emocionantes acerca da construção de Brasília e da resistência em permanecer na Vila Planalto.

Estreia no sábado, 10 de julho, pelo YouTube ,   o documentário Delfini Brasília, Olhar Operário, um belíssimo trabalho de pesquisa de patrimônio humano. Na data, às 19h, será realizada live de abertura com a diretora do filme, Maria do Socorro Carneiro.

O título faz alusão ao senhor João Batista Delfini, 98 anos, que é protagonista do filme. É o mais idoso entre grupo de entrevistados, e conta momentos da história de Brasília com memória e organização cronológica brilhantes.

A trilha sonora é uma releitura de Chiquinha Gonzaga com arranjo e piano de Aluízio Marcelino de Sousa, afinador de pianos muito conhecido em Brasília, e interpretação de Louise Sofia Madeira, adolescente vilena, neta de pioneiros e filha de pais que são da primeira geração de brasilienses.

Em 2020, Delfini Brasília, Olhar Operário foi premiado na 53ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, na Mostra Brasília de Curta-metragem. “É um documentário de significativa relevância e urgência, resgatando memórias vivas de pessoas idosas, respeitando suas realidades e utilizando cenários e figurantes reais da rotina vilena”, conta a diretora.

A Vila Planalto, com 64 anos, fica localizada entre os Palácios do Planalto, Palácio da Alvorada e Palácio do Jaburu. Ela tem estilo interiorano no coração de Brasília. Sua origem é de acampamentos, feitos de madeira, disponibilizados pelas construtoras como residência de seus operários e familiares.

O documentário foi realizado com recursos do Fundo de Apoio à Cultura – FAC/DF, e apoio da atual Administração de Brasília.

Ficha Técnica:
Direção Geral:
Maria do Socorro Carneiro
Assistente de Direção: Marcos Antonio Sousa Madeira
Roteiro: Maria do Socorro Carneiro
Direção de Fotografia: Edgar Ramos
Codireção de Fotografia: José Sérgio Paiva Inocêncio
Produção Executiva: Thiago Luís Carneiro Madeira
Edição e Montagem: José Sérgio Paiva Inocêncio
Realização: Agência Pingo D’água e Oceano
Ator Principal: João Batista Delfini
Participação Especial: Marcelina Rosa de Oliveira e Porfirio Neto da Silva
Trilha Sonora: Chiquinha Gonzaga
Música: Lua Branca – 1929 (domínio público)
Interprete: Louise Sofia Carneiro Madeira
Arranjo Piano: Aluízio Marcelino de Souza
Coordenação Artística: Maria do Socorro Carneiro
Fotografia de Cena: Luís Pedro Carneiro Madeira
Colaboração: Associação Renascer dos Pioneiros da Vila Planalto
Presidente: Denise Santos
Clube Unidade Vizinhança da Vila Planalto
Presidente: Joãozinho
Associação de Moradores da Vila Planalto
Presidente: Vantuil Paulo Santana
Assessoria de Imprensa: Tato Comunicação – Jaqueline Dias e Cíntia Rogner
Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal
Secretario: Bartolomeu Rodrigues

Serviço – Delfini Brasília, Olhar Operário
Estreia do documentário em live com a diretora Maria do Socorro
Dia 10 de julho, às 19h
Canal do Youtube
Acesso liberado, livre para todos os públicos

Com Informações: Tato Comunicação

You Might Also Like...

Nenhum comentário

    Deixe uma mensagem